quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Prova do Livro Paradidático "Memórias Póstumas de Brás Cubas", de Machado de Assis

“De livro fechado não sai letrado.” (Provérbio)

1- Brás Cubas só conhecia a morte de ouvir falar. Ou já petrificada no rosto de cadáveres que levei ao cemitério, ou a morte orgulhosa, heroica dos personagens históricos, mas nunca a morte de uma pessoa amada. Quem foi essa pessoa amada que ele viu morrer?
_______________________________

2- Em que pessoa é narrado o texto e quem é o narrador?
_______________________________

3- Explique a diferença entre “defunto autor” e “autor defunto”?
_______________________________

4- De acordo com o conhecimento de mundo que você tem sobre geografia e história, o que se pode inferir sobre as várias imagens das páginas dezoito e dezenove?
_______________________________

5- Como o livro aborda a questão da escravidão? Transcreva exatamente como está na obra. Mencione a página para comprovar a sua resposta.
_______________________________

6- Descreva Quincas Borba na infância. Quem era a sua principal vítima? No que ele se tornou depois de adulto?
_______________________________

7- (Fuvest) "Algum tempo hesitei se devia abrir estas memórias pelo princípio ou pelo fim, isto é, se poria em primeiro lugar o meu nascimento ou a minha morte. Suposto o uso vulgar seja começar pelo nascimento, duas considerações me levaram a adotar diferente método: a primeira é que eu não sou propriamente um autor defunto, mas um defunto autor, para quem a campa foi outro berço; a segunda é que o escrito ficaria assim mais galante e mais novo. Moisés, que também contou a sua morte, não a pôs no introito, mas no cabo: a diferença radical entre este livro e o Pentateuco." (Machado de Assis, Memórias póstumas de Brás Cubas).

No fragmento, o autor afirma que:

a) vai começar suas memórias pela narração de seu nascimento.
b) vai adotar uma sequência narrativa invulgar.
c) que o levaram a escrever suas memórias foram duas considerações sobre a vida e a morte.
d) vai começar suas memórias pela narração de sua morte.
e) vai adotar a mesma sequência narrativa utilizada por Moisés.

8- (Enem–2010) Joaquim Maria Machado de Assis, cronista, contista, dramaturgo, jornalista, poeta, novelista, romancista, crítico e ensaísta, nasceu na cidade do Rio de Janeiro em 21 de junho de 1839. Filho de um operário mestiço de negro e português, Francisco José de Assis, e de D. Maria Leopoldina Machado de Assis, aquele que viria a tornar-se o maior escritor do país e um mestre da língua, perde a mãe muito cedo e é criado pela madrasta, Maria Inês, também mulata, que se dedica ao menino e o matricula na escola pública, única que frequentou o autodidata Machado de Assis. (Disponível em: http://www.passeiweb.com – Acesso em: 1.º de maio de 2009).

Considerando os seus conhecimentos sobre os gêneros textuais, o texto citado constitui-se de:

a) fatos ficcionais, relacionados a outros de caráter realista, relativos à vida de um renomado escritor.
b) representações generalizadas acerca da vida de membros da sociedade por seus trabalhos e vida cotidiana.
c) explicações da vida de um renomado escritor, com estrutura argumentativa, destacando como tema seus principais feitos.
d) questões controversas e fatos diversos da vida de personalidade histórica, ressaltando sua intimidade familiar em detrimento de seus feitos públicos.
e) apresentação da vida de uma personalidade, organizada sobretudo pela ordem tipológica da narração, com um estilo marcado por linguagem objetiva.

9- Transcreva estas frases de acordo com à norma culta da Língua Portuguesa:

“Vósmecê está bem?” (p. 31)
_____________________________

“Ela ajudou a vestir a mãe do sinhô pro enterro.” (p. 38)
______________________________

10- Onde os jovens de elite iam estudar e em qual curso Brás Cubas formou-se?
______________________________

11- Brás Cubas lia bastante. Que autor ele faz referência durante a narrativa? Reescreva um trecho que comprove a sua resposta. Em seguida, registre o número da página.
______________________________

12- Onde os jovens de elite iam estudar e em qual curso Brás Cubas formou-se?
______________________________

13- Qual é a origem do sobrenome “Cubas”?
______________________________

14- Dona Eusébia chamava Brás Cubas por um apelido. Qual?
_______________________________

15- Nas páginas 42 e 63 há desvios linguísticos. Reescreva as frases fazendo as correções que julgar necessárias. Depois, justifique sua resposta em consonância com o dicionário. Por fim, faça a citação de acordo com as normas da ABNT.
_______________________________

16- Virgília comparou a águia e o pavão, e elegeu a águia. Essa analogia tem a ver com quem?
_______________________________

17- O adultério está presente nesta obra de Machado de Assis. Quem fez parte disso?
_______________________________

18- Quais foram os objetivos pessoal e profissional que Brás Cubas não alcançou? Copie os excertos para comprovar a sua resposta?
_______________________________


Obs.:

Se tiver tempo, releia a prova e certifique-se de que não se esqueceu de responder a nenhuma questão.
“A função do professor/educador é fazer o aluno pensar, superar desafios, compreender o mundo e torná-lo melhor a cada dia.”

Abraços do Prof. Flávio Negão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário